DiosminaBula do Princípio Ativo

Diosmina - Para que serve?

Diosmina é destinada ao tratamento dos sintomas da Insuficiência Venosa Crônica funcional e orgânica como pernas pesadas, dor, inquietação das pernas ao deitar.

Diosmina é indicada no tratamento dos sintomas funcionais relacionados à crise hemorroidária aguda.

Diosmina: Contraindicação de uso

Diosmina não deve ser usada em pacientes com história de alergia a um ou mais componentes da fórmula.

Este medicamento é contraindicado para pacientes com alergia a um ou mais componentes da fórmula.

Diosmina: Posologia e como usar

Diosmina deve ser administrada por via oral, com um copo de água.

1 comprimido por dia, antes do café da manhã.

2 a 3 comprimidos por dia, durante as refeições.

Diosmina - Reações Adversas

Em caso de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária - Notivisa, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/cadastro.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Diosmina: Superdose

Nenhum caso de overdose com diosmina foi reportado até o momento.

Diosmina: Interações medicamentosas

Não há relatos de interações medicamentosas com a substância ativa diosmina.

Diosmina: Precauções

A administração de Diosmina para o tratamento sintomático de hemorroida aguda não substitui o tratamento específico de outros distúrbios anais e o seu uso deve ser feito por um curto tempo. Se os sintomas não desaparecerem rapidamente, deve-se proceder a um exame proctológico e o tratamento deve ser revisto.

Em razão de ausência de dados extensos sobre a passagem deste medicamento para o leite materno, a amamentação não é recomendada durante o tratamento.

Este medicamento tem eficiência máxima associado a hábitos saudáveis.

Evitar sol, calor, repouso prolongado, peso em excesso. Caminhada e meias apropriadas melhoram a circulação sanguínea.

Este medicamento contém um agente azoico, vermelho cochonilha A, e pode induzir reações alérgicas.

Este medicamento poderá ser utilizado durante a gravidez somente se necessário, de acordo com orientação médica.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Diosmina: Ação da substância no organismo

Resultados de eficácia

Estudo multicêntrico, duplo cego, randomizado e comparativo em 69 pacientes apresentando dor ou sensação de peso nas pernas decorrentes de insuficiência venosa. A comparação foi realizada entre Diosmina pura 600 mg, em dose única diária, versus Diosmina micronizada 450 mg associada à Hesperidina 50 mg, duas vezes ao dia. Após 28 dias, a dor e sensação de peso nas pernas foram significativamente reduzidas (p < 0.0001) em ambos os grupos, sem diferenças entre os tratamentos. A satisfação dos pacientes ao final do tratamento foi superior no grupo Diosmina pura (58.8%) comparado ao grupo Diosmina micronizado + Hesperidina (48.6%).

Estudo multicêntrico, randomizado e comparativo, desenvolvido no formato Duplo Cego, em 119 pacientes com sintomas de insuficiência venosa nos membros inferiores: após 28 dias de tratamento, Diosmina pura 600 mg em dose única diária, ou, Diosmina micronizada 450 mg associada à Hesperidina 50 mg, duas vezes ao dia, melhoraram os sintomas. Escalas analógicas visuais em ambos os grupos foram similares (melhoras de 7,6 pontos da Diosmina pura comparada a 9 pontos no grupo de Diosmina micronizada + Hesperidina, sem diferenças estatísticas em ambos os grupos, p = 0.3157).

Estudo multicêntrico, aberto, em 1422 pacientes apresentando insuficiência venosa crônica, avaliando-se eficácia e tolerância para Diosmina pura 600 mg, administrada em dose única diária, pela manhã, por 28 dias: antes do início do tratamento, a dor nos membros inferiores foram mesuradas, através da auto avaliação, pela escala visual observada em 97% dos pacientes. Após o tratamento, a dor reduziu-se para aproximadamente 55.6% (p = 0.0001). Outros sintomas (peso nas pernas, edema vespertinos, parestesia , câimbra noturna, agitação ou prurido) obtiveram melhora ou desaparecimento de 67.9% a 80% dos casos em conformidade com os sintomas. Na opinião dos médicos, o tratamento melhorou 91.7% dos casos. A adesão ao tratamento foi de 95.9% e a tolerância ao tratamento foi considerada boa por 99% dos pacientes.

Estudo aberto de qualidade de vida realizado em 80 pacientes com insuficiência venosa crônica, tratados por um mês com Diosmina 600mg em dose única ao dia: comparado aos dados de avaliação inicial em todas as dimensões de qualidade de vida tiveram uma significativa melhora ao final do tratamento, de 3.73 a 4.11 (p < 0.001) para nas escalas físicas de 3.75 até 4.14 (p < 0.001) na escala social e de 3.78 até 4.10 (p < 0.001) nas escalas psicológicas.

Estudo multicêntrico, duplo cego, randomizado e comparativo, desenvolvido em 93 pacientes apresentando crise hemorrodária aguda, comparada a placebo no aspecto eficácia, Diosmina pura 600 mg, 3 comprimidos ao dia por 4 dias consecutivos e 2 comprimidos diários pelos 3 dias seguintes. Após 7 dias de tratamento, houve uma redução significativa dos sintomas agudos observados no grupo Diosmina pura comparativamente ao placebo. Na avaliação global de dor e edema, houve uma diminuição de 4,74 para 0,98 pontos no grupo Diosmina e de 4,76 para 1,52 no grupo placebo, apresentando diferença estatisticamente significativa ao grupo Diosmina pura (p = 0.017); o tempo para supressão da dor foi de 3,1 dias no grupo Diosmina pura comparado a 3,65 no grupo placebo (p = 0.042).

Estudos pré-clínicos em duas espécies animais não demonstraram teratogencidade.

Referências bibliográficas

1. HENRIET, J. P. Functional Venous Insufficiency: Comparative clinical trial of single daily dose of Diovenor ® 600 mg (600 mg of hemisynthetic diosmin) versus two daily doses of a combination of 500 mg of flavonoids (900 mg of diosmin). Phlébologie. 1995; 48: 285-290.
2. MARUSZYŃSKI, M.; STASZKIEWICZ, W.; ANDZIAK, P. A double blind, randomized study evaluating the influence of semisynthetic diosmin, and purified, micronized flavonoid fraction (diosmin and hesperidin), on symptoms of chronic venous insufficiency of the lower limb – a four week observation. Przeglad Flebologiczny. 2004; 12 (3): 89-95.
3. CAZAUBON, M.; BAILLY, C.; DUCROS, E.; LANCRENON, S. Acceptability, efficacy and safety of two pharmaceuticals forms of diosmin 600 mg in patients with chronic venous disease: a randomized comparative multicenter study. Angiology. 2011; 63 (2): 69-75.
4. MAKSIMOVIĆ, Z. V.; MAKSIMOVIĆ, M.; JADRANIN, S.; KUZMANOVIĆ, I.; ANDONOVIĆ, O. MEDICAMENTOUS TREATMENT OF CHRONIC VENOUS INSUFFICIENCY USING SEMISYNTHETIC DIOSMIN – A PROSPECTIVE STUDUY. UDK 616, 14- 007: 64-085.
5. CHAUVENET, M.; LIBESKIND, M. Intérêt de la diosmine d’hémisynthèse dans la poussée hémorroïdaire aiguë – Essai milticentrique randomisé em double insu versus placebo. Rev. Française Gastro-Entérol. 1994; 30: 642-7.

Características farmacológicas

Diosmina funciona como venotônico e como agente vasculoprotetor, induzindo a vasoconstrição, aumentando a resistência dos vascular e reduzindo a permeabilidade vascular.

Diosmina apresenta rápida absorção desde 2 horas após a administração. A concentração máxima é alcançada após 5 horas.

A distribuição é de baixa intensidade com exceção dos rins, fígado , pulmões e especialmente veia cava e veia safena, onde os níveis sempre são maiores que nos outros tecidos. Esta ligação preferencial de diosmina e ou seus metabólitos ao tecido venoso aumenta até 9 horas após a administração e persiste durante 96 horas.

A eliminação é majoritariamente urinária (79%), excreção fecal (11%) e biliar (2,4%), com ciclo enterohepático.

Fonte do conteúdo

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.