Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + CânforaBula do Princípio Ativo

Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora - Para que serve?

Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora é indicado para o alívio de dores e inflamações associadas a mialgia, dores miofasciais, tendinites ou contusões, entorses, traumas e lesões musculares de início inferior a 24 horas.

Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora: Contraindicação de uso

Não deve ser administrado em pacientes com hipersensibilidade conhecida ao ácido acetilsalicílico , a outros anti-inflamatórios não esteroidais ou a qualquer um dos componentes da formulação.

Este medicamento não deve ser utilizado em crianças menores de 02 anos de idade.

Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora: Posologia e como usar

Lave e seque a área afetada. Agite vigorosamente o tubo e aplique-o no mínimo a 10 cm de distância da pele.

Aplique o Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora na pele, cobrindo a área afetada de 3 a 4 vezes ao dia.

Não aplique no mesmo local por mais de 3 segundos.

No momento de usar, evite inalação e proteja os olhos durante a aplicação.

Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora - Reações Adversas

Podem ocorrer reações ou irritações cutâneas como hiperemia, prurido, eritema, erupções cutâneas, descamação, manchas, dermatite de contato e eczemas.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora: Riscos

Não use este medicamento em crianças menores de dois anos.

Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora: Interações medicamentosas

Devido a pequena biodisponibilidade sistêmica dos princípios ativos do Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora, interações medicamentosas são pouco prováveis.

Embora estudos controlados de interações medicamentosas não tenham sido realizados, dados da literatura demonstram que o uso tópico excessivo de salicilatos pode potencializar o efeito dos anticoagulantes cumarínicos . Portanto, recomenda-se cautela no uso em pacientes que estejam em tratamento com anticoagulantes cumarínicos.

Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora: Precauções

Não deve ser utilizado em feridas e peles irritadas.

Utilizar somente para uso tópico. Evite contato com olhos e membranas mucosas.

No momento de usar, evite inalação e proteja os olhos durante a aplicação.

Conteúdo sob pressão. Manter longe do fogo e de chamas. Não perfure e não incinere a embalagem.

Pacientes em tratamento com anticoagulantes, história de úlceras gastrintestinais, úlcera crônica ou recidivante, história de sangramentos gastrintestinais, disfunção hepática ou renal ou que já tenham tido crise de asma induzida pela administração de salicilatos ou outras substâncias semelhantes requerem orientação médica.

A absorção sistêmica do Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora é baixa, portanto, a probabilidade de efeitos colaterais sistêmicos ocorrerem com a aplicação tópica é pequena, mas não deve ser excluída quando o produto é aplicado em áreas extensas da pele e por período prolongado de tempo.

Não utilize bandagem (faixa) ou qualquer material oclusivo na área de aplicação.

Não há necessidade de recomendações específicas para o uso do produto em idosos e crianças, desde que observadas as advertências, precauções e posologia mencionadas na bula.

Não há dados clínicos suficientes relacionados ao uso tópico da associação de salicilato de metila, salicilato de etilenoglicol, levomentol e cânfora durante a gravidez e lactação.

Entretanto, a ingestão de salicilatos por um período longo pode causar danos ao feto ou complicações no parto. Estes efeitos podem ocorrer no terceiro trimestre, e portanto, o uso durante este período da gravidez não é recomendado. Durante a gravidez e lactação, o Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora deve ser utilizado apenas após avaliação rigorosa do risco-benefício.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas e lactantes sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora: Ação da substância no organismo

Resultados de Eficácia

Foi realizado um estudo duplo cego, randomizado comparado a um controle positivo, para o alívio de sintomas em pacientes portadores de contusões, entorses, mialgias, dores miofasciais e tendinites.

Foram observadas reduções significativas na dor (em repouso ou em movimento), sendo que apresentou melhores resultados de eficácia quando comparado ao medicamento comparador, além de ser otimamente tolerado. Desta forma, o estudo demonstra que Salicilato de Metila + Salicilato de Etilenoglicol + Levomentol + Cânfora administrado a cada 8 horas é seguro e eficaz no tratamento de problemas músculo esqueléticos.

Características Farmacológicas

O salicilato de metila e etilenoglicol pertencem ao grupo dos anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs), com propriedades analgésica e anti-inflamatória. Seu mecanismo de ação baseia-se na inibição da enzima ciclooxigenase, que consequentemente inibe a biossíntese das prostaglandinas. São revulsivos orgânicos voláteis, agem produzindo ação local irritante, com efeitos indiretos de atividade a distância sobre estruturas somáticas (músculos), serosas, articulações e de estimulação reflexa dos centros bulbares. Provocam analgesia e hiperemia nas regiões cutâneas em que são aplicados, inervados pelo mesmo segmento do sistema nervoso central .

A cânfora possui ação irritante cutânea revulsiva, útil nos processos dolorosos de estruturas profundas, tipo fibrosite, mialgia e lumbago. Produz ainda leve anestesia local.

O levomentol aplicado localmente causa sensação de frio por estímulo específico dos receptores, e em seguida, anestesia discreta.

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.