Cloridrato de XilometazolinaBula do Princípio Ativo

Cloridrato de Xilometazolina - Para que serve?

Cloridrato de Xilometazolina é um descongestionante nasal que alivia a congestão nasal causada por resfriados, febre do feno (doença causada pela aspiração de certos tipos de poeira) ou outras rinites alérgicas e sinusites. Cloridrato de Xilometazolina contém uma substância ativa chamada xilometazolina, que auxilia a drenagem das infecções dos seios paranasais. Em casos de inflamações do ouvido médio (otites médias), Cloridrato de Xilometazolina é um adjuvante na descongestão da mucosa nasofaríngea (o conduto que comunica o ouvido e a garganta). Seu médico também poderá utilizar Cloridrato de Xilometazolina durante a rinoscopia, um exame realizado no nariz.

Cloridrato de Xilometazolina: Contraindicação de uso

Cloridrato de Xilometazolina não deve ser utilizado em pacientes com hipersensibilidade a xilometazolina ou a algum dos componentes da formulação, após hipofisectomia transesfenoidal ou cirurgias nas quais a dura-máter tenha sido exposta. Também não é recomendado em pacientes com glaucoma de ângulo estreito ou rinite seca ou rinite atrófica.

Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos de idade.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

Cloridrato de Xilometazolina: Posologia e como usar

Cloridrato de Xilometazolina não deve ser utilizado em crianças com menos de 12 anos de idade, também não deve ser utilizado por mais de dez dias consecutivos. A dose recomendada não deve ser excedida, especialmente em crianças e idosos.

Aplique de 2 a 4 gotas de Cloridrato de Xilometazolina em cada narina, quando necessário, até 3 vezes ao dia. Recomenda-se fazer a última aplicação pouco antes de dormir . Tome cuidado para não administrar Cloridrato de Xilometazolina nos olhos.

Para evitar uma possível propagação de infecção, o frasco de Cloridrato de Xilometazolina deve ser utilizado por apenas uma pessoa.

Cada gota de Cloridrato de Xilometazolina equivale a 0,025mg de xilometazolina. Cada 1 mL (1 mg de cloridrato de xilometazolina) equivale a 22 gotas da solução.

Cloridrato de Xilometazolina - Reações Adversas

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Cloridrato de Xilometazolina: Superdose

A excessiva administração tópica do cloridrato de xilometazolina ou a ingestão acidental pode causar tontura grave, sudorese, hipotermia , cefaleia, bradicardia, hipertensão, depressão respiratória, coma e convulsões. A hipertensão pode ser seguida da hipotensão . Crianças pequenas são mais sensíveis a toxicidade do que adultos.

Medidas apropriadas de suporte devem ser iniciadas em todos os indivíduos com suspeita de overdose, e quando necessário, suporte médico de urgência. Isto pode incluir a observação do paciente por muitas horas.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Cloridrato de Xilometazolina: Interações medicamentosas

O uso concomitante de xilometazolina com medicamentos inibidores da monoamino oxigenasse (IMAO) ou antidepressivos tricíclicos e tetracíclicos podem causar o aumento da pressão sanguínea devido aos efeitos cardiovasculares dessas substâncias.

Cloridrato de Xilometazolina: Precauções

Cloridrato de Xilometazolina, assim como outros agentes simpatomiméticos, deve ser utilizado com cuidado em pacientes que apresentam forte reação a substâncias adrenérgicas, evidenciadas por sinais de insônia , tontura , tremores, arritmias cardíacas ou elevação da pressão arterial. Recomenda-se cuidado em pacientes com hipertensão, doença cardiovascular , hipertireoidismo , diabetes mellitus, feocromocitoma , hiperplasia da próstata, pacientes em tratamento com inibidores de monoamina oxidase (IMAO) ou que foram tratados nas últimas 2 semanas com tais medicamentos.

Assim como outros vasoconstritores tópicos, Cloridrato de Xilometazolina não deve ser utilizada continuamente por períodos que ultrapassem 10 dias consecutivos: o uso excessivo ou prolongado pode causar congestão de rebote e/ou atrofia da mucosa nasal.

Manter fora da visão e do alcance de crianças.

Cloridrato de Xilometazolina contém cloridrato de benzalcônio que pode causar irritação da mucosa nasal.

Não existem dados adequados dos efeitos do cloridrato de xilometazolina sobre a fertilidade, dados de estudos em animais também não estão disponíveis.

Em vista de seu efeito vasoconstritor sistêmico potencial, não se recomenda o uso de Cloridrato de Xilometazolina durante a gravidez. Embora não existam evidências de a xilometazolina ser excretada ou não no leite materno, Cloridrato de Xilometazolina deve ser utilizado somente sob supervisão médica durante a amamentação.

Cloridrato de Xilometazolina não apresenta influência sobre a habilidade de dirigir veículos ou operar máquinas.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

Cloridrato de Xilometazolina: Ação da substância no organismo

Resultados de Eficácia

Um estudo randomizado, duplo-cego, de grupos paralelos, controlados com placebo 1 avaliou a eficácia e a segurança do Cloridrato de Xilometazolina 0,1% spray nasal em 66 indivíduos com início recente de congestão nasal associada a resfriados comuns. Dentre os pacientes, 61 utilizaram Cloridrato de Xilometazolina 0,1% spray nasal 3 vezes ao dia até a melhora dos sintomas de resfriado , mas por um período máximo de 10 dias. O efeito descongestionante de Cloridrato de Xilometazolina das vias aéreas superiores uma hora após a dose, que foi o primeiro end-point baseado na medição por rinomanometria, foi significantemente superior com Cloridrato de Xilometazolina versus o placebo (≤0,0001). Tal efeito durou até 12 horas e o pico de alívio da congestão nasal também foi melhor em comparação com o placebo (diferença de 10,8 mm na escala análoga visual (VAS); p<0,05). A significância clínica dos resultados ainda foi apoiada por uma melhora significativa dos sintomas comuns ao resfriado como nariz entupido, dor de garganta , dor de ouvido e coriza. O estudo ainda demonstrou que Cloridrato de Xilometazolina proporciona o alívio da sensação de nariz entupido duas vezes mais rápido quando comparado com a solução salina, a partir de 5 minutos após a administração (p=0,047) e o tempo mediano para início do alívio da obstrução nasal foi de 1,7 minutos após o uso de Cloridrato de Xilometazolina 0,1%.

Um estudo 2 realizado com 36 pacientes que apresentam rinite alérgica persistente avaliou a resposta ao cloridrato de xilomentazolina 0,1% spray nasal quando comparado com o furoato de mometazona 100mcg spray nasal. O resultado deste estudo demonstrou que o cloridrato de xilometazolina é superior a mometazona nos quesitos de pico de fluxo inspiratório nasal, volume inspiratório nasal e no escore de obstrução nasal (p<0,05).

Dez indivíduos saudáveis e 10 indivíduos com sinusite crônica foram incluídos em um estudo 3 para comparar a capacidade de descongestionamento do cloridrato de xilometazolina 0,1% spray nasal (1 spray em cada narina repetida após 10 minutos) versus pseudoefedrina de liberação lenta oral (120 mg) usando rinomanometria anterior e ressonância magnética. A xilometazolina melhorou significantemente a condutância nasal e a congestão nasal na ressonância magnética em todos os indivíduos saudáveis e pacientes com sinusite crônica.

Referências Bibliográficas:

1 Eccles R, Garreffa S, Chen S. A double-blind, randomized, parallel group, placebo-controlled study evaluating the nasal decongestant effect of xylometazoline (Otrivin ® ) in common cold.
2 Passàli D et al. Nasal decongestants in the treatment of chronic nasal obstruction: efficacy and safety of use. Expert Opin. Drug Saf. (2006) 5(6):783-790.
3 Caenen M et al. Comparison of decongestive capacity of xylometazoline and pseudoefedrine with rhinomanometry and MRI. Rhinology (2005) 43(3):205-209.

Características Farmacológicas

A xilometazolina é um agente simpatomimético que atua sobre os receptores alfa-adrenérgicos, contraindo os vasos sanguíneos nasais, descongestionando assim a mucosa do nariz e as regiões vizinhas à faringe. Também reduz sintomas associados a hipersecreção de muco e facilita a drenagem da congestão nasal. Consequentemente, descongestiona a passagem nasal e possibilita ao paciente portador de congestão nasal respirar mais facilmente pelo nariz.

O efeito de Cloridrato de Xilometazolina inicia dentro de 2 minutos após a aplicação e dura por até 12 horas. Cloridrato de Xilometazolina é bem tolerado, mesmo em pacientes que tem a mucosa nasal sensível e não prejudica a mucosa mucociliar. Estudos in vitro demonstraram que o cloridrato de xilometazolina reduz a atividade infecciosa do rinovírus humano associado aos resfriados comuns.

Cloridrato de Xilometazolina possui um pH balanceado dentro da faixa de pH encontrado nas cavidades nasais, ainda contém ingredientes calmantes que ajudam a prevenir o ressecamento e a irritação da mucosa nasal.

As concentrações plasmáticas de xilometazolina no homem após aplicação nasal do produto estão abaixo dos limites de detecção da maioria dos métodos mais sensíveis.

A administração local leva a mínima absorção sistêmica. Mesmo assim, a absorção sistêmica da xilometalizona intranasal ocorre e pode levar a efeitos colaterais simpatomiméticos sistêmicos quando as doses recomendadas são excedidas.

Fonte do conteúdo

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.