Zinco + AssociaçõesBula do Princípio Ativo

Zinco + Associações - Para que serve?

Este medicamento é indicado como suplemento vitamínico e mineral em dietas restritivas e inadequadas, em doenças crônicas / convalescença (para os casos que o paciente necessite de suplementação) e como antioxidante .

Zinco + Associações: Contraindicação de uso

Este medicamento não deve ser utilizado por pacientes com histórico de hipersensibilidade a qualquer componente desta formulação.

Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este medicamento apresenta categoria de risco C.

Zinco + Associações: Posologia e como usar

Ingerir 1 comprimido revestido ao dia, preferencialmente junto a uma refeição.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Zinco + Associações - Reações Adversas

As reações desagradáveis decorrentes do uso deste medicamento, como fadiga , mialgia, cefaléia, perda de peso e sintomas neurológicos, foram provocados somente com a administração de altas doses deste medicamento. Entretanto, tais sintomas desaparecem com a suspensão da medicação.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária- NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Zinco + Associações: Interações medicamentosas

Até o momento são desconhecidas interações entre Zinco + Associações e outros medicamentos e interações entre os componentes da fórmula e outras substâncias.

Zinco + Associações: Precauções

Devido à composição de vitaminas e minerais presente no Zinco + Associações, sua administração é recomendada somente nos casos indicados.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este medicamento apresenta categoria de risco C.

Zinco + Associações: Ação da substância no organismo

Características Farmacológicas

O betacaroteno é um carotenóide precursor da vitamina A. Apresenta papel importante na eliminação de radicais livres. Tem a capacidade de eliminar os radicais livres em excesso no organismo e prevenir sua formação. É conhecido por pró-vitamina A porque uma molécula de betacaroteno pode ser dividida em duas moléculas de vitamina A. Se a quantidade de vitamina A é suficiente, o betacaroteno é armazenado até que seja solicitado pelo organismo. Ao contrário da vitamina A, que em excesso pode ser prejudicial à saúde, o betacaroteno não provoca toxicidade, pois sua conversão é regulada pela presença de vitamina A já existente.

Importante antioxidante lipossolúvel responsável pela proteção das membranas celulares impedindo a peroxidação lipídica. A principal função da vitamina E (alfa-tocoferol) é proteger os tecidos do organismo contra lesões (peroxidação) que surgem de muitos processos metabólicos normais. Especificamente, a vitamina E protege as membranas normais, protege as membranas contendo gordura, tais como as encontradas nos nervos, músculos e sistema cardiovascular .

Ela ajuda a prolongar a vida das células vermelhas (hemácias), como também ajuda o organismo a utilizar completamente a vitamina A.

O ácido ascórbico tem como função a ação antioxidante. A facilidade com que o ácido ascórbico se distribui pelos tecidos, devido a sua solubilidade plasmática, torna-o um agente imprescindível em um produto com indicações antioxidantes. Apresenta, também, a função de auxiliar a vitamina E na sua ação antioxidante, prolongando o seu tempo de vida útil no organismo. A vitamina C (ácido ascórbico) é necessária para a produção de colágeno , o “cimento” intercelular que dá estrutura aos músculos, tecidos vasculares, ossos e cartilagem. Ela também contribui para a saúde dos dentes e gengivas e ajuda a absorver ferro .

O zinco é necessário para a divisão celular e a síntese e degradação de carboidratos , lipídios e proteínas . É essencial para o crescimento e desenvolvimento e para a função neurológica. Impede a formação excessiva de radicais livres no organismo.

A forma complexada permite a sua penetração nas células mucosas do duodeno sem sofrer ionização na luz intestinal.

Uma vez alcançada a circulação, se distribui por todos os líquidos orgânicos e vai atuar como cofator da enzima antioxidante glutationa-peroxidase. Também exerce funções relacionadas a ação antioxidante da vitamina E.

Em concentrações adequadas, sua ação antioxidante é extremamente importante para o organismo por ser cofator de enzimas naturais que promovem a neutralização dos radicais livres. Destas enzimas, as mais importantes são a citrocromo-oxidase, a superóxido dismutase e os sistemas de oxidases.

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.