Paeonia officinalisBula do Princípio Ativo

Paeonia officinalis - Para que serve?

As indicações terapêuticas deste medicamento foram definidas conforme dados publicados na literatura homeopática, antroposófica ou anti-homotóxica. Este medicamento não foi submetido a estudos clínicos para comprovação eficácia.

Fonte: Folheto Informativo do Medicamento Paeonia officinalis D1.

Paeonia officinalis: Contraindicação de uso

Quando o paciente for hipersensível aos componentes da fórmula.

Fonte: Folheto Informativo do Medicamento Paeonia officinalis D1.

Paeonia officinalis: Posologia e como usar

Adultos e crianças devem aplicar a pomada três vezes ao dia no local afetado. Se possível massagear de forma circular a parte lesionada, até que a pomada tenha aderido totalmente à pele.

Mantenha sempre o mode de usar sugerido aqui.

As orientações e recomendações previstas neste folheto estão relacionadas à via de administração indicada. O uso por outras vias pode envolver risco e devem estar sob a responsabilidade do prescritor.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure a orientação do seu médico ou cirurgião-dentista.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista o aparecimento de sintomas novos, agravação de sintomas atuais ou retorno de sintomas antigos.

O uso inadequado do medicamento pode marcar ou agravar sintomas.

Consulte um clínico regularmente. Ele avaliará corretamente a evolução do tratamento. Siga corretamente suas orientações.

Fonte: Folheto Informativo do Medicamento Paeonia officinalis D1.

Paeonia officinalis - Reações Adversas

Não são relatados e conhecidos males e limitações de uso dos medicamentos homeopáticos .

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação do médico ou do cirurgião-dentista. Não foram realizados estudos em animais e nem mulheres grávidas.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe também a empresa através do seu Serviço de atendimento.

Em caso de sintomas que causem mal estar durante o tratamento, procure seu médico ou farmacêutico.

Fonte: Folheto Informativo do Medicamento Paeonia officinalis D1.

Paeonia officinalis: Interações medicamentosas

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Fonte: Folheto Informativo do Medicamento Paeonia officinalis D1.

Paeonia officinalis: Precauções

Informe ao seu prescritor sobre a gravidez durante o tratamento ou após o seu término. Informe ao seu prescritor se estiver amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação do médico ou do cirurgião-dentista.

Fonte: Folheto Informativo do Medicamento Paeonia officinalis D1.

Paeonia officinalis: Ação da substância no organismo

Segundo as Farmacopéias Homeopáticas existentes, as formas farmacêuticas de uso externo correspondem à incorporação de princípios ativos homeopáticos em insumos adequados.

De acordo com essas farmacopéias, essas formas farmacêuticas estão reunidas em três grandes grupos: formas líquidas, sólidas e semi-sólidas, que é o caso das pomadas.

O medicamento homepático de uso interno pode ser indicado de acordo com as Escolas Médicas Homeopáticas existentes e o clínico pode complementar um tratamento com o uso de um medicamento homeopático de uso externo.

Na escola unicista, o tratamento é feito com um único medicamento e "o medicamento homeopático é dose do medicamento é individualizada para cada paciente".

Nas escolas "não unicista", o clínico pode complementar o tratamento através do medicamento homeopático de uso externo. Ele é indicado no tratamento de enfermidades específicas, com comprovada ação terapêutica descrita nas Matérias Médicas Homeopáticas.

Fonte: Folheto Informativo do Medicamento Paeonia officinalis D1.

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.