GlicerolBula do Princípio Ativo

Glicerol - Para que serve?

Este medicamento é destinado ao tratamento de curto prazo de constipação , e para promover a evacuação do cólon em exames de toque retal e do intestino.

Glicerol: Contraindicação de uso

Este medicamento é contraindicado em casos de alergia ao Glicerol, bloqueio do sistema digestório ou dor abdominal não diagnosticada.

Não são conhecidos os riscos do uso de Glicerol para o feto quando utilizado durante a gravidez.

Não use este medicamento em crianças menores que 2 anos. Solicite o conselho do seu médico quando utilizar Glicerol em crianças de 2 a 5 anos.

Este medicamento é contraindicado para menores de 2 anos.

Glicerol: Posologia e como usar

A medicação deve ser administrada exclusivamente pela via retal, sob o risco de danos de eficácia terapêutica.

Não administrar o Glicerol via oral ou intravenosa.

Oriente o paciente a esvaziar o intestino e bexiga antes de usar o Glicerol.

Para administração do Glicerol o paciente deve ficar deitado e virado para o lado esquerdo. Inserir o aplicador no reto apontando para o centro e pressione o aplicador até que quase todo o líquido tenha sido dispensado, em seguida remova o aplicador.

Uma pequena quantidade do enema pode permanecer no aplicador.

Para uma melhor eficácia do Glicerol, após a aplicação do enema oriente o paciente a continuar deitado até sentir vontade de evacuar.

Verifique as condições clínicas do paciente se não houver nenhuma movimentação intestinal dentro de 1 hora após o uso.

Posologia do Glicerol

Administrar de 5 a 15 mL por via retal.

Administrar de 2 a 5 mL por via retal.

Glicerol - Reações Adversas

Todos os medicamentos podem causar efeitos colaterais, mas as pessoas podem ou não apresentar esses efeitos adversos.

Classificação de órgão ou sistema de acordo com a OMS

Sintoma

Distúrbios gastrintestinais

Irritação anal, sensação de queimação, diarréia, gases , náusea , cólicas estomacais, sangramento retal

Distúrbio cutâneo e seus anexos

Rash , urticária , Inchaço da boca, face, lábios ou língua.

Distúrbios respiratórios

Dificuldade de respirar, aperto do peito.

Em caso de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hots

Glicerol: Superdose

Os sintomas que caracterizam a superdose incluem diarréia e cólica .

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Glicerol: Interações medicamentosas

Glicerol: Precauções

Antes de utilizar Glicerol, verifique se o paciente apresentou náusea, vômito, dor de estômago, sangramento renal, alterações nos hábitos intestinais por 2 semanas ou mais, megacólon tóxico, ou se usou outro laxante por mais de 1 semana.

Não utilizar Glicerol por via oral. Este medicamento é de uso exclusivo por via retal.

Verifique as condições clínicas do paciente, se o medicamento não causar nenhum movimento intestinal dentro de 1 hora após o uso. Não use Glicerol mais do queuma vez durante o período de 24 horas. Não use outros laxantes em combinação com Glicerol, a menos que seja indicado pelo médico.

A administração de Glicerol deve ser interrompida em casos de dor de estômago, cólicas, diarréia com sangue, dor retal grave, sangramento ou irritação.

Verifique as condições clínicas do paciente se for utilizar o Glicerol por mais de 1 semana.

O Glicerol deve ser utilizado exclusivamente por via retal.

A administração de outros medicamentos pode afetar o uso deste medicamento.

Os laxantes não devem ser administrados em crianças menores de 2 anos, a menos que prescritos pelo médico. Como crianças usualmente não conseguem descrever os seus sintomas adequadamente, a condição do paciente deve ser checada pelo médico, antes de iniciar o tratamento com laxante. As crianças podem apresentar uma condição na qual necessitam de outro tipo de tratamento. Assim, laxantes podem não ajudar, causar efeitos não esperados ou tornar ainda pior a condição clínica do paciente.

Além disso, o aumento da transpiração, da fraqueza e convulsões, pode ser mais provável em crianças que recebem Glicerol, pois elas são mais sensíveis que os adultos para seus efeitos.

Aumento da fraqueza, da transpiração e convulsões pode ser especialmente mais comum em pacientes idosos, pois são mais sensíveis que adultos aos efeitos delaxantes retais. O Glicerol deve ser utilizado com precauções em idosos.

Categoria de risco na gravidez: C.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Glicerol: Ação da substância no organismo

Características Farmacológicas

Glicerol é um laxante hiperosmótico, que irrita a parede do intestino e aumenta a absorção de fluidos de outros tecidos para o intestino. Isso proporciona uma massa de fezes macia e aumenta o trânsito intestinal, facilitando a defecação. O tempo médio estimado para início da ação farmacológica do medicamento é de 15 a 30 minutos.

O medicamento é eliminado via excreção renal.

Fonte do conteúdo

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.