Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido BóricoBula do Princípio Ativo

Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico - Para que serve?

Vaginites e vulvovaginites, cervicites, uretrites, pruridos vulvares.

Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico: Contraindicação de uso

Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico (substância ativa) está contraindicado em pacientes que apresentam manifestações alérgicas a qualquer um dos seus componentes, particularmente a neomicina, podendo ocorrer exantemas cutâneos em 6 a 8% dos pacientes. Indivíduos sensíveis a neomicina poderão desenvolver reação cruzada quando expostos a outros aminoglicosídeos.

Não é conveniente o seu uso em pacientes imunodeprimidos ou com processos extremamente purulentos na mucosa vaginal e em pacientes com infecções virais tópicas ou sistêmicas, insuficiência cardíaca , úlcera péptica, osteoporose e diabetes mellitus .

Apesar de sua ação local, recomenda-se cuidado ao administrar a pacientes nefropatas, hepatopatas ou com comprometimento auditivo.

Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico: Posologia e como usar

Carregar o aplicador até o seu limite (5g) e aplicar via vaginal 1 vez ao dia por 7 a 10 dias.

Você encontrará nesta embalagem 1 (uma) bisnaga com 60 gramas de creme e 10 aplicadores descartáveis.

Atenção: Transferir todo o conteúdo do aplicador na vagina. Após usar o aplicador, deve-se descartá-lo.

Durante o tratamento, o medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da luz e umidade.

Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico - Reações Adversas

São raras as reações adversas relacionadas aos seus efeitos sistêmicos devido ao seu uso local, tais como ototoxicidade, nefrotoxicidade e bloqueio neuromuscular. Poderá ocorrer irritação local e sensibilidade.

Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico: Interações medicamentosas

Por ser de uso local, o risco de Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico (substância ativa) interagir com medicamentos de uso sistêmico é praticamente mínimo.

Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico: Precauções

Seu uso durante a gestação e lactação deve ficar a critério médico já que não existem dados disponíveis.

Não poderá ser aplicado em grandes áreas do corpo, quando existirem lesões de qualquer tipo, feridas ou queimaduras .

Produto de uso exclusivo em adultos.

O uso em crianças representa risco à saúde.

Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico: Ação da substância no organismo

Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico (substância ativa) reúne em sua composição elementos altamente eficazes em eliminar e impedir a proliferação bacteriana e fúngica na mucosa vaginal. A presença de uma concentração mínima de dexametasona dá ao Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico (substância ativa) uma ação anti-inflamatória com redução do edema local levando a um rápido desaparecimento da dor e do prurido.

A Candida albicans é o fungo mais frequentemente encontrado nas vulvovaginites. Para combater este agente, Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico (substância ativa) inclui em sua composição a nistatina, o ácido bórico e o propionato de sódio.

A nistatina se liga à molécula do esterol presente na membrana dos fungos, alterando a permeabilidade celular e permitindo a saída de moléculas essenciais à vida do fungo. Não é absorvida pela mucosa. Não produz hipersensibilização e nem irritação local.

O ácido bórico tem ação antisséptica impedindo a multiplicação de bactérias e fungos. Além disso, permite a manutenção do pH ácido da vagina, favorecendo a manutenção da flora vaginal normal.

O propionato de sódio tem ação fungistática, aliviando também o prurido e a irritação local.

As vulvovaginites bacterianas tem como agentes mais frequentes: Gardnerella vaginalis; Mycoplasma hominis; Mobiluncus curtisii; Mobiluncus mulieris; Bacteroides sp ; etc. Para combater estes agentes, Dexametasona Fosfato + Nistatina + Sulfato de Neomicina + Tirotricina + Propionato de Sódio + Ácido Bórico (substância ativa) associa dois antibióticos com ampla ação sobre estas bactérias.

A neomicina é um aminoglicosídeo hidrossolúvel com ação bactericida sobre Gram positivos e Gram negativos. Não costuma produzir reações de hipersensibilidade local.

A tirotricina é um antibiótico que possui dois componentes ativos, a gramicidina e a tirocidina.

O primeiro atua com maior especificidade contra Gram positivos e o segundo, mais contra Gram negativos. Quando a vulvovaginite for ocasionada pelo Trichomonas vaginalis, é conveniente o uso de um imidazólico sistêmico para que a resposta terapêutica seja mais adequada.

Fonte do conteúdo

Fonte: Bula do Medicamento Trivagel-N.

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.