Cimicifuga racemosaBula do Princípio Ativo

Cimicifuga racemosa - Para que serve?

Este medicamento é destinado ao alívio dos sintomas da pré e pós-menopausa, como rubor, ondas de calor, suor excessivo, palpitações e alterações depressivas de humor e do sono.

Cimicifuga racemosa: Contraindicação de uso

Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso do produto.

Pessoas alérgicas a salicilatos devem utilizar este medicamento com cuidado, pois produtos à base de Cimicífuga contêm pequenas quantidades de ácido salicílico .

Este medicamento é contraindicado durante a gravidez por promover o fluxo menstrual e ter efeito estimulante uterino.

Este medicamento deve ser evitado por menores de 12 anos de idade e durante a lactação devido à falta de estudos disponíveis.

Uma vez que extratos de Cimicífuga racemosa podem intensificar alguns efeitos estrogênicos, este medicamento só deve ser usado junto com suplementos hormonais (estrogênio) sob estrita supervisão médica.

Em casos de distúrbio na intensidade e frequência da menstruação e persistência ou surgimento de novos sintomas, procurar orientação médica, uma vez que podem estar envolvidos distúrbios que precisam ser diagnosticados.

Cimicifuga racemosa: Posologia e como usar

Ingerir 1 (um) comprimido, 2 (duas) vezes ao dia ou à critério médico. Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros e sem mastigar com quantidade suficiente de água para que sejam deglutidos.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento não deve serpartido, aberto ou mastigado.

Cimicifuga racemosa - Reações Adversas

Este medicamento pode causar distúrbios gastrintestinais, dor de cabeça , peso nas pernas e tontura .

Há um relato de hepatite ocorrido após a tomada de um produto à base de Cimicífuga racemosa por uma semana, portanto este medicamento deve ser administrado com cuidado em pessoas com insuficiência hepática grave.

O paciente que utiliza extrato de Cimicífuga racemosa deve estar atento ao desenvolvimento de sinais e sintomas sugestivos de deficiência do fígado , tais como cansaço , perda de apetite, amarelamento da pele e dos olhos ou dor severa na parte superior do estômago com náusea e vômito ou urina escurecida. Neste caso, deve-se procurar imediatamente assistência médica e, até que isso não aconteça suspender o uso do produto.

Assim como para tratamentos de reposição hormonal , deve-se manter avaliação médica a cada seis meses.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Cimicifuga racemosa: Interações medicamentosas

Este medicamento pode potencializar o efeito de medicamentos antihipertensivos.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Cimicifuga racemosa: Precauções

De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este medicamento apresenta categoria de risco B. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Há um relato de hepatite necrosante ocorrido após a tomada de um produto à base de Cimicífuga racemosa por uma semana, portanto este medicamento deve ser administrado com cuidado a pacientes com insuficiência hepática grave.

Pessoas alérgicas a salicilatos devem utilizar este medicamento com cuidado, pois produtos à base de Cimicífuga racemosa contêm pequenas quantidades de ácido salicílico.

Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

Cimicifuga racemosa: Ação da substância no organismo

O medicamento atua amenizando os sintomas da pré e pós-menopausa.

O efeito terapêutico geralmente é mais nítido após duas semanas de uso do medicamento, apresentando o efeito máximo dentro de oito semanas.

Fonte do conteúdo

Fonte: Bula do Paciente do Medicamento Mencirax.

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.