Cânfora + Eucaliptol + Mentol + GuaiacolBula do Princípio Ativo

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol - Para que serve?

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol é destinado ao alívio temporário da congestão nasal e tosse associadas a gripes e resfriados.

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol: Contraindicação de uso

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol é contraindicado para uso por pacientes alérgicos a um ou mais componentes do medicamento.

Este medicamento é contraindicado para menores de 2 anos de idade.

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol: Posologia e como usar

Friccione 4 cm de bálsamo sobre o peito e o dorso. Não aplique o bálsamo diretamente nas narinas ou no rosto. Repita 3 a 4 vezes ao dia. O limite máximo diário de administração do medicamento é de 4 aplicações por dia.

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol - Reações Adversas

Podem raramente ocorrer ardor no local da aplicação devido a irritação na pele.

Em pacientes com hipersensibilidade a um ou mais componentes do medicamento podem ocorrer prurido, erupção cutânea, edema ou irritação na pele.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância SanitáriaNOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol: Superdose

Em caso de ingestão acidental pode ocorrer irritação gastrintestinal, náusea e vômito , cólica , cefaleia, sensação de calor e anúria.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol: Interações medicamentosas

O uso de guaifenesina pode falsamente elevar o teste do ácido vanilmandélico (VMA) para catecolaminas. Na necessidade de realização do teste, deve-se orientar o usuário de guaifenesina a descontinuar o uso da mesma 48 horas antes da coleta de urina para o teste.

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol: Precauções

Apenas para uso externo. Evite o contato com os olhos. Não ingira ou aplique nas narinas.

Tosse persistente pode ser sinal de uma condição mais séria. Se a tosse ou outros sintomas ainda persistirem por mais de uma semana ou vierem acompanhados de febre , erupções cutâneas, dor de cabeça contínua ou dor de garganta , deve ser feita uma avaliação médica.

Em casos de tosse persistente ou crônica causada por asma , fumo, bronquite crônica ou enfisema ou em casos de tosse acompanhada de muito muco, o acompanhamento médico é necessário. Não aplique sobre feridas ou lesões da pele.

Categoria de risco na gravidez: C.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol: Ação da substância no organismo

Resultados de Eficácia

O eucaliptol (ácido terpênico) é o principal componente do óleo essencial do eucalipto ( Eucaliptus sp ). Sua principal atividade farmacológica ocorre no aparelho respiratório , desempenhando ação expectorante , fluidificante e antisséptica. Um estudo randomizado avaliando o eucaliptol como terapêutica concomitante a diversos tratamentos para doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) evidenciou que ele reduz a chance de exacerbação do quadro e também a dispneia. Além disso, provou melhorar a função pulmonar e o estado geral de saúde. Os autores sugerem que o eucaliptol seja um controlador de mediadores inflamatórios, intervindo diretamente na fisiopatologia da inflamação das vias aéreas.

Já o mentol é extraído do óleo essencial da menta ( Mentha piperita ) e possui ação analgésica em mucosas. O mentol é indicado no tratamento dos sintomas da gripe , bronquite, sinusite e condições similares.

A cânfora, por sua vez, é extraída do óleo volátil existente no tronco da árvore Cinnamomum camphora , mas também pode ser sintetizada. É utilizada em disfunções respiratórias devido às propriedades antiespasmótica e secretolítica (brônquios). Esses óleos aromáticos voláteis têm sido amplamente utilizados no tratamento sintomático das infecções do trato respiratório.

Por fim, o guaiacol é conhecido pela atividade expectorante por mais de cem anos. A atividade anti-inflamatória foi constatada em estudo clínico envolvendo 40 pacientes com doenças broncopulmonares. O guaiacol é um componente de numerosas preparações para tosse disponíveis no mundo todo. É classificado como expectorante por acreditar-se que promova aumento do volume de catarro e diminuição de sua viscosidade, resultando em tosse efetiva.

Referências

Worth H, Schacher C, Dethlefsen U. Concomitant therapy with Cineole (Eucalyptole) reduces exacerbations in COPD: a placebo-controlled double-blind trial. Respir Res. 2009 Jul 22; 10:69.
Patel T, Ishiuji Y, Yosipovitch G. Menthol: a refreshing look at this ancient compound. J Am Acad Dermatol. 2007 Nov; 57(5):873-8.
Drugdex Evaluations Camphor. Disponível em: . Acesso em 01/2010.
Drugdex Evaluations Guaiacol. Disponível em: . Acesso em 01/2010.

Características Farmacológicas

Os óleos etéreos de Cânfora + Eucaliptol + Mentol + Guaiacol têm ação anti-inflamatória, secretolítica, secretomotora e antisséptica nos órgãos respiratórios. Estimulam a circulação e a respiração, assumindo importância na expectoração de pacientes acamados.

O guaiacol possui atividade expectorante mucolítica através do aumento de volume e da redução da viscosidade de secreções, na traqueia e nos brônquios.

Fonte do conteúdo

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.