Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + ParacetamolBula do Princípio Ativo

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol - Para que serve?

Tratamento sintomático das cefaléias.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol: Contraindicação de uso

Hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol é contra-indicado para portadores de doenças cardiovasculares obstrutivas graves.

Não use outro medicamento que contenha paracetamol.

Atenção diabéticos: contém açúcar.

Este medicamento é contra-indicado para menores de 18 anos de idade.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol: Posologia e como usar

Inicialmente recomenda-se 1 ou 2 drágeas, repetindo-se, se necessário, após 30 minutos. A dose máxima é de 6 drágeas ao dia.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol - Reações Adversas

Ocasionalmente foram observados náuseas, vômitos , reações cutâneas, fraqueza nas pernas, dores musculares, entorpecimento e formigamento dos dedos.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – Notivisa, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol: Superdose

A dosagem excessiva, maciça e aguda do paracetamol pode induzir dano hepático.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol: Interações medicamentosas

Deve-se evitar a ingestão concomitante de Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol e dos antibióticos eritromicina e troleandomicina.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol não deverá ser administrada simultaneamente com anticoagulantes orais , pois estes terão seus efeitos potencializados.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol: Precauções

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol deve ser utilizada no tratamento dos episódios dolorosos, por poucos dias, não tendo a finalidade de ser empregado em tratamentos prolongados ou preventivamente.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol deve ser administrada com cautela a pacientes que apresentem função hepática ou renal comprometida, bem como aos que apresentem distúrbios hematopoéticos.

Durante a gravidez não se recomenda o uso de Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol, a não ser que estritamente indicado.

A diidroergotamina é excretada no leite materno e, desta forma, o uso de Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol deve ser evitado durante a amamentação.

Cafeína + Mesilato de Diidroergotamina + Paracetamol: Ação da substância no organismo

Características Farmacológicas

A diidroergotamina é utilizada para o tratamento de dor de cabeça e enxaqueca devido a sua ação constritora sobre os vasos sangüíneos cranianos, cuja dilatação e pulsação constituem os dois principais mecanismos desencadeantes da crise. O paracetamol é um derivado do p-aminofenol que se caracteriza por seu efeito analgésico acentuado, com mecanismo de ação classicamente conhecido. A cafeína é amplamente utilizada na potencialização dos efeitos analgésicos para o tratamento da dor de cabeça, reforçando o efeito da diidroergotamina e do paracetamol, provavelmente melhorando a circulação cerebral. A cafeína é um componente bem estabelecido nas combinações analgésicas para o alívio das dores de cabeça e dores leves.

Fonte do conteúdo

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.