Benzoato de BenzilaBula do Princípio Ativo

Benzoato de Benzila - Para que serve?

Benzoato de Benzila está indicado no tratamento da pediculose ( piolhos e lêndeas) e escabiose (sarna).

Benzoato de Benzila: Contraindicação de uso

Pessoas hipersensíveis ao Benzoato de Benzila e demais componentes da formulação. Também é contraindicado utilizar em lesões na pele, feridas e queimaduras ou condições da pele que possibilitem maior absorção.

Benzoato de Benzila: Posologia e como usar

Para crianças até dois anos, aconselha-se a diluição do produto na proporção de 1 parte do produto para 2 partes de água. Crianças maiores de dois anos e menores de 12 anos, aconselha-se a diluição em 1 parte do produto para 1 de água. Esta orientação visa à redução do risco de irritação. Para adultos, não é necessária a diluição. Não é necessário utilizar todo o volume em uma única aplicação. Adicionalmente, aconselha-se a fazer uma prova de toque em uma pequena área antes de utilizar o produto. Caso ocorra ardência ou vermelhidão, o produto não deverá ser utilizado.

Após lavar os cabelos , friccionar o produto sobre as regiões afetadas. Aplicar somente o suficiente para umedecer o cabelo. Envolver a cabeça com toalha e deixar agir por aproximadamente 3 minutos. Os piolhos mortos e as lêndeas devem ser retirados com um pente fino. Se necessário, a aplicação deve ser repetida. Normalmente o tratamento só deve durar dois dias, pois várias aplicações do produto podem passar a ter papel irritante e perpetuador das lesões, ao invés de curativo.

Deve-se fazer uma aplicação, de preferência à noite, após o banho (banhos quentes são contra-indicados). O produto deve ser aplicado sobre a pele ainda úmida, especialmente nos locais onde a sarna é mais comum (regiões interdigitais, axilas, abdômen e nádegas). Deixar secar, realizar em seguida uma nova aplicação e, vestir-se ou deitar-se sem enxugar o corpo. Na manhã seguinte, tomar novo banho e mudar as roupas do corpo e da cama, que devem ser lavadas e passadas em seguida. Se necessário, o tratamento deve ser repetido após 24 horas, ou conforme orientação médica. Se houver outras pessoas com escabiose na mesma casa, todas devem ser tratadas ao mesmo tempo para evitar reinfecção.

Caso ocorra ingestão acidental do produto, a pessoa pode ter agitação, vertigem, dor de cabeça , náuseas, vômitos , diarréia, falta de ar, cianose , alergias e vermelhidão da pele, palpitação e convulsões.

O limite máximo diário de uso é de 1 aplicação por dia.

Agite antes de usar.

Deve-se lavar o local afetado com o sabonete, produzindo espuma que deverá permanecer no local por 5 minutos. Os parasitas devem ser retirados com um pente fino. Se necessário, a aplicação deve ser repetida.

Deve-se lavar cuidadosamente a parte afetada com o sabonete, produzindo uma espuma que deverá permanecer na pele até secar. Se houver outras pessoas com escabiose na mesma casa, todas devem ser tratadas ao mesmo tempo para evitar reinfecção.

O limite máximo diário de uso é de 1 aplicação por dia.

Benzoato de Benzila - Reações Adversas

O ácido benzóico pode produzir leve irritação no local da aplicação. A literatura apresenta relatos de urticária após o uso de ácido benzóico. Além disso, relatos de dermatite de contato ou assaduras têm sido descrito pela literatura após o uso do Benzoato de Benzila. Estudos de caso descrevem também o aparecimento de erupções eritematosas no local da aplicação do Benzoato de Benzila durante o tratamento de sarna.

Reação alérgica de hipersensibilidade tem sido relatada pela literatura após o uso de Benzoato de Benzila.

É estabelecido pela literatura que sintomas de irritação ocular podem ocorrer após o uso do Benzoato de Benzila.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária - NOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal. (incluindo no espaço o endereço eletrônico atualizado do NOTIVISA).

Benzoato de Benzila: Superdose

Quando corretamente utilizado, inexiste o quadro de intoxicação por superdosagem com Benzoato de Benzila, entretanto, se ingerido, o benzoato de benzila pode ocasionar estimulação do sistema nervoso central, com aparecimento de quadro clínico de agitação, vertigem, dor de cabeça, náuseas, vômitos, diarréia, falta de ar, cianose, alergias e vermelhidão da pele, palpitação e convulsões.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Benzoato de Benzila: Interações medicamentosas

Benzoato de Benzila pode irritar a pele e mucosas, não sendo recomendado o uso de outras substâncias que também tenham ação irritativa ou lesiva sobre a pele (como o ácido salicílico , hidroquinona , etc), pois poderá ocorrer uma potencialização do efeito lesivo.

Benzoato de Benzila: Precauções

Benzoato de Benzila destina-se ao uso externo, não devendo, portanto, nunca ser ingerido, pois poderá ocorrer intoxicação.

Benzoato de Benzila não deve ser utilizado no rosto, olhos e mucosas, nem em locais da pele onde haja feridas. Caso isso ocorra, lavar com água abundantemente.

O produto deve ser utilizado com cautela em pessoas que já apresentaram alergias a outros produtos de aplicação na pele.

Categoria de risco na gravidez: B.

Os estudos em animais não demonstraram risco fetal, mas também não há estudos controlados em mulheres grávidas; ou então, os estudos em animais revelaram riscos, mas que não foram confirmados em estudos controlados em mulheres grávidas.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Benzoato de Benzila: Ação da substância no organismo

Resultados de Eficácia

Estudos demonstram que o tratamento com Benzoato de Benzila é capaz de apresentar uma eficácia de 100% após uma única aplicação em até 24h e após três semanas de acompanhamento. Estudos revelam que quando diluído a 25% erradica os ácaros em três horas.

O Benzoato de Benzila é frequentemente utilizado em diversos países para o tratamento de escabiose, uma vez que estudos revelam que este tratamento apresenta uma porcentagem de eficácia de 76%.

O Benzoato de Benzila é tóxico para o sistema nervoso central dos ácaros e age nos ovos também. Revisões de literatura apresentam o Benzoato de Benzila como um tratamento eficaz no combate da escabiose. Em um estudo clínico o tratamento com Benzoato de Benzila na concentração de 10% a 20% foi efetivo em tratar pacientes adultos e crianças que apresentavam coceira, prurido e irritação na pele causados por escabiose.

Referências Bibliográficas

Site de pesquisa: Micromedex / Drugdex., palavra chave: Benzyl Benzoate http://www.thomsonhc.com/hcs/librarian/ND [Jan 2010].
Walker G.J.A., Johnstone P.W. A systematic review of the treatment of scabies. Arch dermatol, vol (136); march, 2000.
Buffet M., Dupin N. Current treatments for scabies. Fundamental & Clinical Pharmacology 17 (2003) 217–225.

Características Farmacológicas

O Benzoato de Benzila é utilizado eficazmente no tratamento da escabiose e pediculose. Seu efeito rápido e seguro fazem com que desapareçam prontamente todos os sintomas, inclusive o prurido, permitindo a cura na quase totalidade dos casos, com um único tratamento.

A forma de apresentação de Benzoato de Benzila não é oleosa, possui cheiro aromático e normalmente, não irrita ou resseca a pele.

A trolamina, garante perfeita penetração cutânea, facilitando o acesso aos túneis intradérmicos dos parasitas.

A espuma do sabonete, garante perfeita penetração cutânea, facilitando o acesso aos túneis intradérmicos dos parasitas.

Fonte do conteúdo

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.