Ampicilina Anidra + ProbenecidaBula do Princípio Ativo

Ampicilina Anidra + Probenecida - Para que serve?

Ampicilina Anidra + Probenecida é indicado para o tratamento específico da gonorréia em dose única.

Ampicilina Anidra + Probenecida: Contraindicação de uso

Ampicilina Anidra + Probenecida é contra-indicado para pacientes hipersensíveis às penicilinas e à probenecida, mulheres grávidas ou em fase de amamentação, portadores de discrasias sanguíneas, cálculos renais ou insuficiência renal grave.

Ampicilina Anidra + Probenecida: Posologia e como usar

Para a reconstituição de Ampicilina Anidra + Probenecida, adicionar água filtrada até a seta indicada no rótulo do frasco, agitar até completa homogeneização do produto e se necessário, adicionar mais água filtrada até atingir a seta novamente para perfazer o volume de 60mL.

O medicamento deve ser administrado após a reconstituição (para 60mL), em uma única dose, por via oral, cerca de 30 minutos antes de uma refeição.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Ampicilina Anidra + Probenecida - Reações Adversas

As mais comuns relatadas são náuseas, vômitos , diarréia e anorexia . Existem relatos de casos raros de pacientes que apresentaram alterações hematológicas ( anemia , trombocitopenia , eosinofilia, leucopenia). Podem ocorrer reações de hipersensibilidade que vão desde erupções cutâneas até o choque anafilático.

Ampicilina Anidra + Probenecida: Superdose

Obedecendo a posologia da dose única, a superdose é evitada.

Ampicilina Anidra + Probenecida: Interações medicamentosas

O uso concomitante com alopurinol pode levar ao surgimento frequente de erupções cutâneas. Quimioterápicos bacteriostáticos que inibem a síntese proteica (clindamicina, cloranfenicol , eritromicina , sulfonamidas, tetraciclinas) podem interferir com o efeito bactericida da ampicilina. A ampicilina pode diminuir a eficácia dos anticoncepcionais orais contendo estrogênio.

A probenecida reduz a excreção e aumenta os níveis plasmáticos do ácido pantotênico, cetoprofeno , clofibrato, dapsona , indometacina , naproxeno , nitrofurantoína e rifampicina , além de aumentar e prolongar os efeitos anticoagulantes da heparina.

Até o momento não foram relatadas alterações em exames clínicos e laboratoriais. Porém, recomenda-se informar ao seu médico e ao laboratório clínico, o uso de Ampicilina Anidra + Probenecida.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando antes do início ou durante o tratamento.

Não tome medicamento sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.

Ampicilina Anidra + Probenecida: Precauções

Recomenda-se o uso de antibiogramas para a definição da sensibilidade do(s) microrganismo(s) antes de qualquer tratamento com antimicrobiano.

Antes do tratamento com ampicilina deve ser realizado anamnese completa para buscar histórico alérgico do mesmo, tanto às penicilinas, como cefalosporinas e outros agentes alergênicos.

O uso em mulheres grávidas é contra-indicado, porém se não houver outro medicamento de escolha deve-se fazer uma prévia avaliação médica da relação risco/benefício.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe seu médico se está amamentando.

Atenção: este medicamento contém açúcar, portanto, deve ser usado com cautela em portadores de Diabetes .

Ampicilina Anidra + Probenecida: Ação da substância no organismo

Ampicilina Anidra + Probenecida tem ação antimicrobiana.

A ampicilina é uma aminopenicilina com amplo espectro de ação, muito maior que da benzilpenicilina. É ativa contra diversas bactérias gram-negativas aeróbias, dentre elas a age por inibição da etapa final da síntese da parede celular das bactérias com maior facilidade de penetração devido ao grupo amino nas bactérias gramnegativas. Quando administrada por via oral é estável no suco gástrico e cerca de 35 a 50% da dose é absorvida pelo trato gastrintestinal; liga-se fracamente (20%) às proteínas ; difunde-se rapidamente na maioria dos tecidos e fluidos do organismo; após dose oral de 500mg, atinge picos de concentração plasmática de 2 a 6mg/mL entre uma a duas horas; sofre biotransformação hepática parcial; a concentração inibitória mínima para a maioria dos microrganismos sensíveis é de 0,02 a 5mg/mL; atravessa a barreira placentária e é excretada no leite materno; excretada principalmente na urina entre 25 a 60% na forma inalterada.

A probenecida atua na fórmula como inibidor competitivo da excreção da ampicilina nos túbulos renais proximal e distal, aumentando assim a concentração sangüínea e prolongando a ação desta.

Fonte do conteúdo

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.