Alantoína + Triclosana + Óxido de ZincoBula do Princípio Ativo

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco - Para que serve?

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco é indicado no tratamento de eczemas, intertrigos, queimaduras , assaduras , brotoejas e irritações superficiais da pele.

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco: Contraindicação de uso

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco é contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula.

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco: Posologia e como usar

Lave a parte afetada e seque bem (sem esfregar). Aplique Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco de 3 ou 4 vezes ao dia sem esfregar.

Nos pés, você pode utilizar como um auxílio, chumaços de algodão hidrófilo entre os dedos, que devem ser trocados sempre que estiverem úmidos. Nos casos de acne (espinhas), umedecer a região afetada e após, aplicar Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco em dias alternados. Nas queimaduras em geral, Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco deverá ser aplicado repetidamente. O Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco pode ser usado também após o banho na higiene diária.

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco - Reações Adversas

Ainda não são conhecidas a intensidade e a frequência de reações adversas causadas pelo uso de Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco.

Em caso de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em http://portal.anvisa.gov.br/notivisa ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco: Superdose

Não são conhecidos relatos sobre o uso excessivo de Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco: Interações medicamentosas

Não são conhecidas interações entre o medicamento Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco e outras substâncias.

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco: Precauções

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco não deve ser utilizado em pacientes com hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula. Ao aplicar em crianças tomar o cuidado para que não haja ingestão oral.

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco: Ação da substância no organismo

Resultados e Eficácia

Alantoína + Triclosana + Óxido de Zinco funciona como cicatrizante, antisséptico e antipruriginoso, pela associação dos seus princípios ativos.

Características Farmacológicas

A alantoína é um quimioterápico de importante ação no tratamento de afecções externas da pele. Como efeito principal, a alantoína favorece e acelera a proliferação celular, formando um novo tecido. A alantoína proporciona um aumento local transitório de número de leucócitos e um reforço da corrente linfática. A triclosana é um desinfetante bacteriostástico contra organismos Gram-positivos e a maioria de organismos Gram-negativos (sua atividade é variável frente a Pseudomonas aeruginosa ). O óxido de zinco apresenta propriedades antissépticas e cicatrizantes , protegendo a epiderme das irritações.

Fonte do conteúdo

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gerenciamento da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.