Lynax

Indicado para: Saúde da Mulher

Lynax, para o que é indicado e para o que serve?

Lynax é um hidratante vaginal na forma de gel que restaura naturalmente a umidade vaginal, que dura até 3 dias após cada aplicação.

Como o Lynax funciona?


Lynax elimina as células epiteliais secas, e quando usado regularmente, restabelece a umidade vaginal natural.

Quais as vantagens do uso de Lynax?

  • Lynax não contém hormônios.
  • Lynax contém a quantidade exata a ser aplicada.
  • Lynax é um hidratante vaginal, que proporciona umidade (hidratação) continua por até três dias. Isto ajuda a eliminar as células epiteliais secas e, quando usado regularmente, restabelece sua umidade natural; ao contrário de um lubrificante tradicional que fornece lubrificação provisória somente para reduzir o atrito durante a relação sexual.
  • Lynax fará com que a relação sexual seja mais confortável, restaurando a umidade vaginal.
  • Lynax pode ser usado com preservativos.
  • Lynax não contém fragrância, não possui sabor e não é agressivo.

Quem pode utilizar Lynax?

Mulheres que necessitam de hidratação vaginal.

Quais as contraindicações do Lynax?

Contraindicado para pessoas com hipersensibilidade conhecida a qualquer um dos componentes da sua fórmula.

Como usar o Lynax?

É recomendado uma única aplicação aproximadamente a cada 2 ou 3 dias.

Como utilizar Lynax?

Destrave o aplicador puxando o êmbolo até o fim e voltando-o até a trava;

  1. Retire a tampa da bisnaga;
  2. Perfure o lacre da bisnaga com o fundo da tampa;
  3. Adapte o aplicador e aperte suavemente até a trava do aplicador para que o gel não extravase o êmbolo;
  4. Retire o aplicador e feche novamente a bisnaga;
  5. Introduza profundamente o aplicador que contém o produto, na vagina, preferencialmente na posição deitada, elevando-se as pernas, transferir todo o conteúdo do aplicador na vagina. Após usar o aplicador, deve-se descartá-lo.

Lynax pode ser usado antes da relação sexual?

Sim, porém, Lynax tem melhor resultado, quando usado de forma regular e não apenas antes da relação sexual; isto porque Lynax restabelece a umidade vaginal, proporcionando dias e noites confortáveis, tornando assim a relação mais espontânea.

Como sei que estou utilizando a quantidade correta de Lynax?

O aplicador de Lynax foi desenvolvido para depositar a quantidade recomendada do produto.

Por quanto tempo deve-se utilizar Lynax?

Não existe tempo determinado para uso de Lynax. Recomenda-se o uso a longo prazo.

Quais cuidados devo ter ao usar o Lynax?

  • Manter o produto fora do alcance das crianças.
  • Somente para uso vaginal.
  • Se ocorrer irritação, interrompa o uso. Se persistirem os sintomas, contate seu médico.
  • Não é recomendado o uso no período menstrual.
  • Não utilize o produto se a embalagem estiver violada.
  • Não utilizar após a data de validade impressa na embalagem.
  • Utilização sob supervisão médica.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Lynax?

Não foram relatadas reações adversas no folheto do produto, para maiores informações, procure o fabricante deste produto.

Qual a composição do Lynax?

Lynax é um gel que contém: água, carbômero, ácido poliacrílico , glicerina , hidróxido de sódio e metilparabeno.

Cartucho com 1 bisnaga opaca de 30g de gel + aplicadores descartáveis de 2,5 g.

USO ADULTO

Isento de Registro de acordo com a RDC 27/2010.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Lynax com outros remédios?

Não há interações conhecidas com Ácido Poliacrílico.

Qual a ação da substância do Lynax (Ácido Poliacrílico)?

Resultados de Eficácia


Os tempos de retenção do Ácido Poliacrílico e do substituto de lágrimas artificial convencional baseada em álcool polivinílico , foram estudados em 30 voluntários saudáveis em coloração com fluoresceína. O tempo de retenção de Ácido Poliacrílico foi de aproximadamente 16 minutos em comparação com aproximadamente 2 minutos do colírio de lágrimas artificiais convencionais. A estabilidade do filme lacrimal foi mantida por um período de até 6 horas.

Os dados de estudos clínicos em voluntários sadios, pacientes com olho ressecado e pacientes sob cuidado intensivo ou durante a operação sugerem que Ácido Poliacrílico melhora a estabilidade e prolonga o tempo do filme lacrimal.

Referências Bibliográficas

1. Marquardt R, Christ T. Studies on the retention time of tear substitutes. Klin Mbl Augenheilkd 1986; 189(3):254-257. [21]
2. Adam D. Multicenter study with Vidisic Gel in keratoconjunctivitis sicca. Berlin, Germany: AFB/Arzneimittelforschung: May 1988 AFB Nr. 493. [1]
3. Aigner M. Efficacy and tolerance on carbomer 0.2% ophthalmic gel (275). Statistical Report on the Study 209-84/VIDISIC GEL. Berlin, Germany: AFB/Arzneimittelforschung: January 1985 AFB No. 209-84. [2]
4. Aigner M. Carbomer 0.2% ophthalmic gel (275) long-term evaluation. Statistical Report VIDISIC Long-term evaluation. Berlin, Germany: AFB/Arzneimittelforschung: November 1992 AFB Study no. 03/1060-91. [3]
5. Anonymous. Comparative study on the tolerance of carbomer 0.2%-ophthalmic gel on the basis of carbomer 940 and 980 in patients with keratoconjunctivitis sicca. Berlin, Germany: Dr. Mann Pharma: Integrated Final Report DMP 32.1.93. [6]
6. Anonymous. Efficacy and tolerability of various gel-like artificial tears in patients with keratoconjunctivitis sicca. Berlin, Germany: Dr. Mann Pharma: 1997. Prüfplan der klinischen Studie DMP 35.1.97 and Integrated Final Report. [7]
7. Brodwall J. Clinical trial report of a single-masked randomized comparative trial between DR 1120 (Viscotears) and Kunstig Tarevaeske in patients with dry eyes. Bülach, Switzerland: CIBA Vision: 1993 Internal report DR1120/89-02. [8]
8. Brodwall J, Alme G, Gedde Dahl S, Smith J, Lilliedahl NP, Kunz PA, Raj PS. A comparative study of polyacrylic acid (Viscotears) liquid gel versus polyvinylalcohol in the treatment of dry eyes. Acta Ophthalmol Scand 1997;75/4:457-461. [9]
9. Bron AJ, Daubas P, Siou Mermet R, Trinquand C. Comparison of the efficacy and safety of two eye gels in the treatment of dry eyes: Lacrinorm and Viscotears. Eye 1998a; 12/5:839-847. [10]
10. Bron AJ, Mangat H, Quinlan M, Foley-Nolan A, Eustace P, Fsadni M, Raj PS. Polyacrylic acid gel in patients with dry eyes: A randomized comparison with polyvinyl alcohol. Eur J Ophthalmol 1998b; 8/2:81-89. [11]
11. Bron AJ, Eustace P, Mangat HS, Quinlan M, Blake A, Foley-Nolan A. A clinical trial report of a single-masked randomized comparative trial between DR 1120 (Viscotears) and Liquifilm in patients with dry eyes. Bülach, Switzerland: CIBA Vision: 1993 Internal report: 1120/90-01. [12]
12. Handl, A. Multicenter study on carbomer 0.2% ophthalmic gel (275) in keratocunjunctivitis sicca, Statistical report, Study Vidisic gel /AFB No. 493. Berlin, Germany: AFB/Arzneimittelforschung: October 1986. [14]
13. Jacob K. Viscotears in eye surgery. Z Prakt Augenheilkd 1987; 8:20. [15]
14. Kessler C. Therapeutic improvement of keratocunjunctivitis sicca by a gel containing polyacrylic acid. Spektrum Augenheilkd 1991;5(2):69-75. [16]
15. van Bijsterveld OP. Action of carbopolymer gel therapy (Vidisic) on the lacrimal function parameters in keratoconjunctivitis sicca. Z prakt Augenheilkd 1988;9:151-154. [18]
16. Marquardt R. The treatment of dry eye with a new liquid gel. Klein Mbl Augenheilkd 1986a;189(1):51-54. [20]
17. Marquardt R, Christ T, Bonfils P. Gel-like tear substitutes and nonspecific eye ointments in intensive care unit and in perioperative use. Anasth Intensivther Notfallmed 1987;22/5:235-238. [22]
18. Röhmel J. Efficacy and tolerance of carbomer 0.2% ophthalmic gel (275). Additional evaluation on VISIDISC. Berlin, Germany: AFB/Arzneimittelforschung: October 1985 Study AFB No. 209-84. [25]

Características Farmacológicas


Grupo farmacoterapêutico: lágrima artificial, código ATC S01XA20.

Farmacodinâmica

Ácido Poliacrílico é um gel viscoso, límpido de Ácido Poliacrílico que pode ser administrado na forma de gotas.

Ácido Poliacrílico não tem uma substância farmacologicamente ativa. Após administração local, espalha-se rapidamente sobre a conjuntiva e córnea, formando uma película protetora da córnea de longa duração.

Farmacocinética

Não há disponível nenhum estudo controlado em animais ou em humanos. No entanto, devido ao alto peso molecular do Ácido Poliacrílico (4 Mi. D) é pouco provável o acúmulo ou absorção do mesmo nos tecidos oculares.

Dados de Segurança Pré-Clínicos

Todos os componentes do Ácido Poliacrílico são bem estabelecidos. Ampla utilização desses compostos não revela riscos especiais no ser humano no que diz respeito à segurança farmacológica, toxicidade por dose repetida, genotoxicidade, potencial carcinogênico e toxicidade para a reprodução. A administração ocular repetitiva nos estudos em animais não mostrou efeitos adversos.

Como devo armazenar o Lynax?

Mantenha fora do alcance das crianças.
Conservar o produto em temperatura ambiente entre 15 e 30°C, e protegido da luz, calor e umidade.

Número do lote, data de fabricação e prazo de validade – Vide cartucho.

Dizeres Legais do Lynax

Responsável técnico:
Kelly Cristina dos Santos Rodrigues Dezena CRF - SP n°. 66.146
M.S. 81085130004

Myralis Indústria Farmacêutica Ltda.
Rua Rogélia Gallardo Alonso, 650 – Caixa Postal 011 - Aguaí -SP. CEP: 13.860-970
C.N.P.J. 17.440.261/0001-25
Indústria Brasileira

SAC

0800 771 2010
sac@myralis.com.br
www.myralis.com.br

Fontes consultadas

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento Vidisic ® Gel.

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gestão da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.