Biotoss Tradicional

Indicado para: Gripes e resfriados

Biotoss Tradicional, para o que é indicado e para o que serve?

Este medicamento é indicado como auxiliar no tratamento de distúrbios do trato respiratório, facilitando a eliminação das secreções presentes. Este medicamento dilata os brônquios, fluidifica e facilita a eliminação de secreções.

Como o Biotoss Tradicional funciona?


Possui ação expectorante e broncodilatadora, ou seja, facilita a expectoração de secreções respiratórias causadas por afecções do trato respiratório.

Seu médico é a pessoa mais adequada para lhe dar maiores informações sobre o tratamento, siga sempre suas orientações.

Não devem ser utilizadas doses superiores às recomendadas.

Quais as contraindicações do Biotoss Tradicional?

Quando apresentar distúrbios da coagulação sanguínea como hemofilia , trombocitopenia (diminuição das plaquetas) e dengue , devido a um possível aumento do risco de sangramento.

Quando estiver utilizando medicamentos que interferem na coagulação, como exemplo ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios em geral.

Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso do produto.

Como usar o Biotoss Tradicional?

Adultos

Ingerir 10 mL (1 copo dosador), três vezes ao dia.

Crianças acima de 5 anos

Ingerir 5mL (1/2 copo dosador), três vezes ao dia.

Crianças acima de 2 a 5 anos

Ingerir 5mL (1/2 copo dosador), duas vezes ao dia.

Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retomar a posologia prescrita sem necessidade de suplementação.

Siga a orientação do seu médico respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Biotoss Tradicional?


Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retomar a posologia prescrita sem necessidade de suplementação.

Em caso de dúvidas procure orientação do farmacêutico, de seu médico ou cirurgião-dentista.

Quais cuidados devo ter ao usar o Biotoss Tradicional?

Pacientes com problemas hepáticos podem apresentar sinais e sintomas de intoxicação com o uso prolongado.

Recomenda-se maior critério na administração de guaco em pacientes com quadros respiratórios crônicos não diagnosticados, devendo-se afastar a hipótese de tuberculose e câncer .

O uso deste medicamento deverá ser interrompido 10 dias antes de cirurgias.

Atenção diabético: este produto contem sacarose.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Biotoss Tradicional?

Os extratos de guaco nas doses recomendadas são bem tolerados. O uso prolongado e a ingestão de altas doses de extrato de guaco podem gerar taquicardia, vômitos e quadros diarréicos.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe a empresa sobre o aparecimento de reações indesejáveis e problemas com este medicamento, entrando em contato através do Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC).

População Especial

Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco

Não existem recomendações específicas para o uso de M. glomerata em pacientes idosos e outros grupos de risco.

Este medicamento não deve ser utilizado em crianças menores de 2 anos de idade.

Qual a composição do Biotoss Tradicional?

Cada mL de xarope contém

Extrato fluido de Mikania glomerata

60mg*

Veículo q.s.p.

1mL

*Padronizado em 0,036 mg (0,06%) de cumarina.

Veiculo: sacarose, água purificada, ciclamato de sódio, sacarina sodica, propilenoglicol, hietelose, metilparabeno e propilparabeno.

Apresentação do Biotoss Tradicional


Biotoss Tradicional Xarope 60 mg / mL, frasco com 120 mL.

Uso adulto e pediátrico (em crianças maiores de 2 anos).

Uso oral.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Biotoss Tradicional maior do que a recomendada?

Uso prolongado ou ingestão de altas doses pode gerar taquicardia, vômitos e quadros diarréicos, que desaparecem com a descontinuação da terapia. Em animais foram observados quadros hemorrágicos após 100 dias de uso contínuo de extratos de guaco.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento se possível.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Biotoss Tradicional com outros remédios?

O guaco não deve ser empregado simultanemente com anticoagulantes e produtos contendo ipê-roxo ( Tabebuia avellanedae ), ginco ( Ginkgo biloba ), camomila ( Matricaria spp. ).

Este medicamento não deve ser utilizado junto com medicamentos anticoagulantes (as cumarinas podem potencializar seus efeitos e antagonizar a vitamina K) e com produtos que contenham Tabebuia avellanedae (Ipê-roxo), pois as saponinas presentes na M. glomerata podem aumentar a absorção de lapachol.

Informe seu médico ou cirurgiãodentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use esse medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser prejudicial a sua saúde.

Qual a ação da substância do Biotoss Tradicional (Mikania glomerata)?

Resultados de Eficácia


Estudos conduzidos demonstraram a utilização de Mikania glomerata (substância ativa) como um ftoterápico efcaz no tratamento de distúrbios respiratórios atuando como relaxante da musculatura lisa das vias aéreas.

Um estudo 1 realizado por Moura e colaboradores investigou os efeitos dos extratos aquoso, hidroalcoólico e fração diclorometano obtida do extrato hidroalcoólico de Mikania glomerata sobre os isolados de brônquios humanos e traqueias de cobaias.

Os resultados indicaram que o extrato aquoso não afetou a tensão basal, mas reduziu a contração sobre a traqueia de cobaias. O extrato hidroalcoólico reduziu a tensão basal e signifcativamente a contração induzida por drogas, em todas as concentrações testadas. A fração diclorometano do extrato hidroalcoólico promoveu relaxamento progressivo concentração-dependente. Em brônquios humanos, o extrato hidroalcoólico promoveu relaxamento progressivo concentração-dependente.

O estudo demonstrou que houve uma ação inibitória signifcativa da Mikania glomerata sobre a constrição promovida nos brônquios humanos e traqueias de cobaias, sugerindo que a planta possui efeito benéfco potencial no tratamento de doenças broncoconstritivas.

Referência

1 MOURA, R. S. et al. Bronchodilator activity of Mikania glomerata Sprengelel on human bronchi and guinea-pig trachea. J Pharm Pharmacol. 54(2):249-56, 2002.

Características Farmacológicas


Constituído pelo extrato concentrado de guaco ( Mikania glomerata (substância ativa)) padronizado em cumarinas. Estes compostos químicos são considerados os princípios ativos da droga, sendo os responsáveis pela ação broncodilatadora e expectorante .

Sabe-se que receptores da acetilcolina estão presentes no sistema respiratório e sua estimulação, pela acetilcolina, produz broncoconstrição e aumento da secreção. Assim, o bloqueio destes receptores pelo princípio ativo do guaco provoca a diminuição da secreção brônquica e relaxamento da musculatura lisa respiratória, fazendo do guaco um auxiliar no tratamento de tosses persistentes, tosses com expectoração e rouquidão.

Como devo armazenar o Biotoss Tradicional?

Conservar o medicamento em temperatura ambiente (15-30ºC), em sua embalagem original, ao abrigo da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

Número de lote e datas de fabricação: Vide Embalagem.

Não use medicamento com prazo de validade vencido. Para sua segurança, mantenha o medicamento na embalagem original.

Aspecto físico

O Biotoss xarope é constituído de um líquido viscoso de coloração marrom escura.

Características organolépticas

Odor característico do guaco e sabor adocicado.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso você observe alguma mudança no aspecto do medicamento que ainda esteja no prazo de validade, consulte o médico ou farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais do Biotoss Tradicional

Prazo de validade, data da fabricação e número do lote: vide cartucho e/ou frasco.

Nº Registro M.S.: 1.6241.0011

Farmacêutica Responsável:
Gisela Pedroso Silva
C.R.F – SP: 21.785

Registrado, Fabricado e embalado por:
Mariol Industrial Ltda.
Avenida Mario de Oliveira, 605 – Distrito
Industrial II.
Barretos / SP
CNPJ 04.656.253/0001-79
Indústria Brasileira

Comercializado por:
Bionatus Laboratório Botãnico Ltda.
Av. Domingos falavina, 1041 – Jd. Mugnaini
São José do Rio Preto-SP
CNPJ 68.032.192/0001-51
Indústria Brasileira

Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gestão da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.