Clínica.Work

Laudo médico: O que é, o que deve conter e quem pode emitir um?

O que é Laudo médico?

Por definição, laudo é um texto contendo parecer técnico. Em especifico, o laudo médico é um documento formal, onde o médico especialista descreve o resultados de exames e indica se há características de normalidade ou alterações no diagnóstico do paciente.

O que deve conter em um Laudo médico?

O Conselho Federal de Medicina recomenda que algumas informações devem contar no laudo médico do paciente, podendo ter adições e variações, conforme a necessidade, na lista abaixo:

  • Nome do Paciente;
  • Informações pertinentes do paciente, como idade, peso e características corporais;
  • Motivação da solicitação do exame;
  • Técnica utilizada na realização do exame;
  • Descrições detalhadas do exame;
  • Possível diagnóstico;
  • Formulário clínico, com identificação, anamnese e plano de tratamento;
  • Exames complementares, laboratoriais, ultrassonográficos e/ou radiológicos;
  • Documentos de progresso clínico
  • Prescrição médica
  • Quadro TPR (temperatura - pulso - respiração)
  • Resumo da alta ou óbito;

Preencher todos os requisitos indicados acima, requer um grande esforço, além de gerar uma quantidade de documentos a serem armazenados.

Solucione isso com o Clínica.Work, onde o histórico completo do paciente estará na nuvem, podendo ser consultado pelo profissional da área da saúde a qualquer instante.

Para que server um laudo médico?

O laudo médico é um documento de total importância para pacientes que precisam de um lado pericial ou para o auxílio-doença, onde é comprovado o diagnóstico do caso do paciente. Concessões de benefícios previdenciários como aposentadoria por invalidez, por exemplo, apenas são emitidos por meio de apresentação de um laudo médico detalhado.

Também pode ser usado para comprovação de doenças ou gravidade de ferimentos em situações criminais diversas, como processos por acidente de trabalho. Neste caso, o documento é chamado de laudo médico pericial judicial.

Atestado médico e laudo médico: Qual a diferença?

O atestado médico pode ser preenchido por especialistas e por clínicos gerais, possuindo mais informações padronizadas e claras sobre a saúde do paciente para que empresas e órgão públicos compreendam o documento.

O laudo médico, ao contrario do atestado, usa termos técnicos para determinar o diagnostico.

O atestado médico, em maioria dos casos, é utilizado para justificar a ausência no ambiente de trabalho por motivos de doenças ou período de recuperação. Para casos de um longo período, o atestado também pode ser usado para solicitar o auxílio-doença aos órgãos públicos.

Quem pode emitir um laudo médico?

É importante, para preenchimento do documento, seguir as orientações do Conselho Federal de Medicina (CFM), conforme a lista citada acima.

O laudo médico pode ser preenchido de acordo com a área de especialização. Por exemplo, ecocardiograma deve ser preenchido por um médico cardiologista, um exame de densitometria óssea deve ser assinado por um ortopedista, e assim por diante.

O quão importante é ter o laudo médico de forma digital?

Com o avanço da tecnologia, usar papel se torna cada vez menos comum e passa a ser usado apenas quando a comprovação impressa é exigida.

Os relatórios digitais trazem benefícios como melhor legibilidade, organização das informações e rápida obtenção de informações. Você não terá risco de escrever um documento manualmente que possa ser de difícil leitura, o que impediria a compreensão da análise médica.

Com o Clínica.Work as informações de seus pacientes estão centralizadas e apresentadas em um ambiente que permite mais segurança para o correto diagnóstico e tratamento. Uma vez que todo o histórico do paciente esteja no sistema clínico, é possível traçar evoluções desde a anamnese até a última consulta.

Outro beneficio do laudos médicos digitais está na agilidade na entrega de documentos ao paciente, o que é especialmente interessante em casos emergenciais. Sua clínica poderá emitir laudos no mesmo dia do resultado do exame.

Conclusão

O laudo médico é um importante documento para médicos e pacientes, pois tem função de formalizar os resultados de exames.

Esse relatório serve para chegar ao diagnóstico do paciente e ainda pode ser utilizado em situações judiciais e a concessões de benefícios previdenciários.

A emissão desse documento é uma das principais atividades de uma clínica médica. Por isso, vale utilizar modelos prontos e sistemas clínico para otimizar o processo.

Entramos em contato com você

Ganhe tempo com mais praticidade na gestão da agenda, controle financeiro e prontuários eletônicos.